Troféu Esc. #4: Concurso Conto Curitiba

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr

Troféu Esc. #4: Concurso Conto Curitiba

Categorias:

L’esprit d’escalier

O mocinho vai ser um cobrador de ônibus haitiano de quarenta anos e a mocinha vai deixar cair um anel de prata quando larga moedas na bancada do tubo antes de ser engolida pelo Pinheirinho das seis e quarenta e três. À noite o herói vai olhar o teto, fritar de lado a outro, digitar na tela do celular, vai escrever Mariane, Rosana, Valéria, Capão Raso, Xaxim, Tatuquara, ver fotografias quadriculadas, perder a hora pela primeira vez. Seis e quarenta e três. Hoje votaram por greve, ele olhou o relógio, tinha enfim um almoço, foi de batatas fritas, um chope no calçadão. De olhos fechados, mão direita enterrada no bolso, inventou ali o mar. Ouviu uma gargalhada milagrosa. Na fila do caixa, muito perto dela, conheceu seu amaciante de roupas, queria dizer algo melhor do que você perdeu o anel no meu tubo. A moça, coitada, pegou o ônibus errado. Desceu na Rui Barbosa, tonta em busca de um amarelinho que chegasse mais pro lado do Boa Vista.

IMG_5645

Alina Prochmann é jornalista e mora em Curitiba. O miniconto L’esprit d’escalier ficou entre os dez vencedores do concurso Conto Curitiba, promovido pela Freguesia do Livro em 2017. Será publicado no Jornal RelevO nos próximos meses, assim como os outros nove selecionados.